Especialidades

Técnica de rejuvenescimento realizada através da aplicação de ácidos, que promovem a descamação controlada da pele, removendo a camada de células mortas, estimulando a renovação de camadas mais profundas das células, tornando a pele com aspecto mais viçoso, renovando o colágeno dando mais firmeza a pele, suavizando assim rugas, manchas e cicatrizes.

Os peelings químicos ativam o processo de descamação, sendo utilizados em diferentes concentrações, podendo atuar nas camadas mais profundas da pele ou nas mais superficiais.

Os tipos de peeling são:

Superficial

Atinge apenas a epiderme e é indicado para manchas e melasmas, por exemplo. Exige protetor solar até que a pele fique totalmente recuperada, sem descamação ou vermelhidão.

Médio

Atinge a derme e é indicado para rugas, marcas mais profundas, degeneração e cicatrizes.

Profundo

Para peles extremamente enrugadas, funcionando como se o paciente fizesse uma cirurgia plástica, sem mudar as feições e ainda tirando as manchas . O procedimento é feito em consultório, atualmente com fenol que dispensa a internação e a monitoração cardíaca.com anestesia. Importante: este último peeling não é recomendado para as peles de tons mais escuros. O bloqueador solar também é extremamente necessário pela extrema sensibilidade da nova pele formada.

Técnica de esfoliação não-cirúrgica que produz uma renovação celular da epiderme retirando as células mortas e estimulando a produção de colágeno.

Como resultado, tem-se uma pele mais suave, uniforme e saudável. A vantagem da microdermoabrasão é que tem uma regeneração tecidual mais rápida, não é doloroso como alguns peelings ácidos e produz uma descamação discreta. O resultado já é percebido após a primeira sessão quando a pele estará mais uniforme e com aspecto mais saudável, e, com o decorrer do tratamento, nota-se uma melhoria das manchas e desaparecimento das rugas finas.

O Laser de CO2 fracionado funciona como um peeling profundo, mas com recuperação mais rápida e mínimo desconforto. Não é doloroso, e a pele descama em cerca de 5 dias após o procedimento, melhorando manchas e rugas superficiais e profundas, cicatrizes ( inclusive de acne), estrias, com a possibilidade de ser aplicado em qualquer área da pele. Pode-se optar por um tratamento intenso, com grande densidade de pontos atingidos pelo laser, ou um tratamento mais suave. Os resultados estéticos aparecem logo após a recuperação e a pele continua a melhorar por meses, porque a remodelação do colágeno leva de quatro a seis meses para se completar.

Dependendo da potência selecionada e da indicação, são necessárias de uma a quatro sessões de tratamento. A exposição ao sol deve ser evitada por 2 semanas após cada sessão.

Indicado para o tratamento da gordura localizada, celulite e flacidez, o Venus Freeze associa pulsos eletromagnéticos e radiofrequência multipolar. Ao promover um aquecimento em três camadas da pele (epiderme, derme e hipoderme), podendo a temperatura chegar a 45ºC na superfície, ele estimula a produção de colágeno e elastina e combate as células de gordura. A tecnologia não causa desconforto durante a sessão e não possui contraindicação. Em comparação a outros aparelhos de radiofrequência, por ser multipolar, ele necessita de menos sessões para chegar a um bom resultado.

Deixa a pele mais firme com resultados duradouros, podendo ser usado nas regiões do rosto, abdome, glúteos, coxas, braços (músculo do "tchau") e até papada.

É um tratamento indolor que não necessita de anestesia, não fere a pele, permitindo o paciente retornar suas atividades profissionais e sociais no mesmo dia. Indicado para tratamentos como:

Depilação (pelos finos)
Manchas, sardas e olheiras
Foliculite
Rejuvenescimento
Acne
Rugas finas
Poros dilatados
Melhora a textura e firmeza da pele
Manchas avermelhadas, pequenos vasos dilatados (rosácea)
Telangiectasias

(Lançamento no Brasil)

Tratamento completo e biologicamente ativo direcionado para sinais de envelhecimento cutâneo e causas. Eficácia anti-aging comprovadapor testes clínicos.

Substâncias polirrevitalizantes como resultado de 30 anos em pesquisa e especialização, reunidas em uma só formulação:ácido hialurônico + 13 vitaminas + 23 aminoácidos + 6 minerais + 6 coenzimas + 5 ácidos nucléicos + 2 agentesanti-radicais livres.

Prevenção e correção sem riscos. Tratamento ambulatorial praticamente livre de dor. Natural, progressivo e resultados visíveis rapidamente.

Produtos com certificado ANVISA e CE , aprovados para anti-agingintra-dérmico – Produção Filorga ISO 13485.Internacionalmente reconhecida ( mais de 1 milhão de pacientes tratados em 55 países).

(Botox / Dysport / Prosigne / Xeomin)

Produto à base de proteína extraída de uma bactéria, usado no tratamento estético das rugas de expressão. Há mais de 40 anos, a substância já era utilizada pela oftalmologia e neurologia para a correção de contrações musculares involuntárias, e nos anos 90a medicina começou a empregá-lapara a estética.

A toxina botulínica age diminuindo a contração dos músculos faciais que dão origem às rugas. Com o bloqueio da contração, ocorre o relaxamento muscular e as rugas se atenuam. A expressão não se altera e não há sensações desagradáveis. A duração do efeito é em média de 6 meses. Este tempo pode variar de acordo com cada pessoa, podendo chegar até a 1 ano. Ocorreque o músculo, em repouso forçado pela toxina, sofre atrofia, e mesmo quando a contração retorna, leva algum tempo para existir o efeito de musculação com hipertrofia e volta do tônus muscular. A aplicação pode ser então repetida. Com a paralisia temporária do músculo, o hábito condicionado que forma rugas de expressão diminui, edesta forma a velocidade de aparecimento de novas rugas é menor. Então, mesmo interrompendo o uso, permanece um efeito benéfico. Com as aplicações repetidas, existe uma tendência do efeito durarcada vez mais.

Atualmente, é possível utilizá-la em todas as regiões da face e pescoço de acordo com os resultados que se pretende alcançar, inclusive visando a obtenção do famoso “lifting Nefertiti”.

Curiosidades sobre a Toxina Botulínica

A toxina botulínicapode ser encontrada em alguns alimentos mal conservados, causando o botulismo (doença que leva à paralisação da musculatura do corpo). Porém, no tratamento estético,é usada em pequenas quantidades, e não apresenta nenhum risco de que o paciente desenvolva a doença.

A intradermoterapia é uma importante técnica utilizada no tratamento da celulite, flacidez de pele, estrias e da dor, tendo surgido em 1958 na França.O princípio básicoé a aplicação de medicamentos nas proximidadesdo local alvo. Desta forma, a medicação estará presente na região tratada em altas doses, e ao ser absorvida e distribuída pelo organismo , sofre diluição reduzindo muito os efeitos colaterais.

Esta técnica não substitui os tratamento convencionais, mas tem indicações específicas onde pode ser útil. A técnica de infiltrações aplicadas pelos ortopedistas para tratar problemas das articulações são uma forma de intradermoterapia.

Portanto, intradermoterapia é apenas uma via de administração de medicamentos. Pode ser excelente , ou inútil ou até prejudicial dependendo de quem realiza o tratamento (que deve ser sempre um médico habilitado na técnica), do tipo de medicamento aplicado, do problema a ser tratado e do órgão alvo onde foi feito o tratamento. Portanto, reportagens ou artigos dizendo que a intradermoterapia é ótima ou intradermoterapia não é boa, perdem o sentido , se não forem considerados estes fatos.

Os medicamentos usados em intradermoterapia para tratamento de celulite ou gordura localizada são lipolíticos, ou seja, liberam a gordura do tecido. Esta gordura tem que ser consumida. O exercício provoca o consumo desta gordura liberada, que não será reposta por causa da reeducação alimentar. Mas, se a gordura é liberada com intradermoterapia, e não ocorre o consumo com exercícios, ela volta para onde saiu. E também se continuarem a ocorrer os erros alimentares, nova gordura se deposita. Neste caso a intradermoterapia libera e a má alimentação repõe a gordura liberada, tornando inútil o tratamento. Portanto, intradermoterapia só é eficiente associada à reeducação alimentar e à prática de exercícios.

Fazer intradermoterapia sem realizar os exercícios ou a correção alimentar não vai corrigir a “Síndrome de Desarmonia Corporal”. Estaremos agindo na consequência sem considerar as causas. Portanto, para se lograr sucesso é necessário esforço do paciente e da clínica, para corrigir também as causas. Realizar aintradermoterapia isoladamente, realmente está fadado, senão ao insucesso, pelo menos a um resultado insatisfatório.

A intradermoterapia também pode ser utilizada, com resultados satisfatórios, para tratamento de estrias, flacidez de pele, queda de cabelos, dor, alguns tipos de manchas, acne, certas cicatrizes , sempre associada a outros tratamentos médicos ou, até mesmo, domiciliares.

Os preenchimentos são substâncias biocompatíveis que podem ser injetadas sob a pele para melhorar a aparência de linhas e rugas, embelezar os lábios, restaurar volumes das bochechas, criar definições de contornos faciais e corporais , melhorar certos inestetismos nasais, amenizar cicatrizes, levantar sulcos profundos e reparar várias imperfeições congênitas e adquiridas. Estes materiais podem ser definitivos ou temporários, e vêm sendo utilizados há longa data na cirurgia reconstrutiva. Apenas recentemente tornaram-se populares graças a sua utilização na área estética.

Um dos principais objetivos no tratamento estético é criar uma aparência mais jovial. Estudo publicado em 2010 no jornal da American Society of Dermatologic Surgery postulou que o emprego de preenchedores na reposição de volumes da face seria melhor do que a mera injeção nas rugas, quando observaram uma redução na idade aparente de 6 a 9 anos. Este conceito ficou conhecido como “Preenchimento Tridimensional”, passando a constituir um importante recurso no arsenal das técnicas de anti-aging.

Materiais Empregados nos Preenchimentos

Radiesse

O Radiesse é um preenchedor produzido à base de hidroxiapatita de cálcio, que está presente em nosso organismo. Por isso, não há riscos de haver incompatibilidade ou sensibilidade ao produto.

Não é tóxico, é biodegradável e biocompatível e formado por esferas microscópicas cujas superfícies são regulares e lisas que ficam suspensas em meio aquoso, sendo, portanto, de fácil aplicação. Faz com que as células produtoras de colágeno multipliquem-se, tendo como consequência o crescimento de tecidos na área em que for injetado, sendo amplamente utilizado para tratamentos estéticos de rugas e linhas de expressão. Como o radiesse é um bioestimulador, pode ser aplicado rente aos ossos para estimular a formação de volume nos mesmos, tendo indicação na correção de queixos, malares e contorno da mandíbula, deixando-os mais simétricos. Também tem excelentes resultados quando aplicado no dorso das mãos.

A aplicação é feita no consultório, com anestesia local. Os resultados podem ser observados logo após a aplicação e melhoram progressivamente, podendo ser observados de forma lenta e gradual, até 6 meses depois do tratamento. O tempo de permanência no organismo fica em torno de 18 - 24 meses, sendo considerado um preenchedor de duração prolongada.

PMMA

É um implante definitivo, composto por microesferas de polimetilmetacrilato mescladas a um gel, com pH neutro, sendo biocompatível com o organismo. Não causa nenhum tipo de rejeição, além de não migrar, pois as suas microesferas, em vez de se deslocarem, são encapsuladas pelo colágeno do próprio corpo. É indicado na realização de correções reparadoras, bem como melhorar algumas regiões faciais e corporais. Todo o procedimento é feito em consultório sem cortes nem sangramentos, onde é utilizada uma microcânula (espécie de agulha sem ponta) na região a ser tratada. O processo é feito com anestesia local,sem interromper a rotina do paciente:é possível voltar às atividades imediatamente após o implante.

O PMMA é produzido no Brasil e tem várias apresentações, 5%, 10%, 15% e 30%, de concentração, sendo registrado na Anvisa.

Ácidos Hialurônicos

O ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo organismo. Sua função é preencher os espaços entre as células, assim como hidratá-las, uma vez que possui a capacidade de reter até mil vezes mais água que o seu próprio volume.

É geralmente utilizado para os preenchimentos cutâneos, na região da face, como rugas e sulcos. A permanência do ácido hialurônico é de aproximadamente 6 a 18 meses, dependendo de sua concentração e da tecnologia usada para seu preparo, podendo variar de paciente para paciente, já que sua duração também varia com a idade e hábitos de vida. Após a sua aplicação, o rosto tem reações de inchaço e vermelhidão que desaparecem em 48-72 horas. Depois de 4 semanas é possível realizar um reforço caso necessário.

A substância foi descoberta em 1934 pelos farmacêuticos Karl Meyer e John Palmer, na Universidade de Columbia, em New York. Sua utilização comercial começou em 1942, com o húngaro EndreLalaza, que sintetizou este material a partir das ideias de Meyer. Em 1992 seu uso passou para a área estética, sendo o material de preenchimento mais difundido no mundo.

Faciais -existem ácidos hialurônicos de 1ª. a 4ª. geração, esta última desenvolvida com tecnologia diferenciada que permite maior durabilidade.Apresentado em várias versões, cada uma para um tipo específico de preenchimento: para rugas de médias a profundas, para as rugas mais superficiais e finas, e para contornos e volumes faciais, além das versões para embelezamento dos lábios.

Corporal -pode ser aplicado em panturrilhas, coxas, cicatrizes de celulite etc. Os resultados do tratamento são imediatos e de longa duração, ainda que não sejam permanentes. O reforço da aplicação é recomendado entre os nove (9) e 12, meses após a primeira sessão, a fim de manter o resultado desejado, pois o produto tende a ser absorvido totalmente dentro de 18 a 24 meses. Isto significa que, a cada ano, pode-se aplicar 50% do volume original, para que o mesmo seja mantido. É um dos primeiros implantes corporais absorvíveis lançados no mercado para contorno corporal, inclusive aumento das mamas.

Subcision

Técnica minimamente invasiva para tratar celulites de graus mais avançados, cicatrizes deprimidas, rugas e sulcos acentuados, onde a pele se encontra aderida aos tecidos profundos.

Procedimento: uma agulha especial é utilizada para desfazer as retrações e formar autocolágeno que preenche as depressões das áreas afetadas, proporcionando um efeito mais liso à pele. O tratamento é feito com anestesia local.

Número de sessões: de 1 a 3, com intervalo mensal.
Resultados: variam de acordo com o grau da lesão e o número de sessões.